Share
 
 
 
Quinta-Feira, 17 de Abril de 2014


Publicite no Portal HACCP

subscreva o nosso feed rss
Bookmark e Partilhar Facebook Twitter

Untitled Document
Registo
Login

Registe-se

Recuperar Password

Untitled Document
Pub
 
 
Untitled Document
Conteúdos
 Transporte de Bens Alimentares

 HACCP

 Alimentação

 Microbiologia Alimentar

 Higiene Alimentar

 Conservação de Alimentos

 Limpeza e Desinfecção

 Actualidades

 Agricultura Biologica

 Doenças de Oirgem Alimentar

 Rotulagem

 Organismos Geneticamente Modificados

 Produtos Tradicionais (DOP, IGP, ETG)

 Entidades de Segurança Alimentar

Mais Conteudos 

Conteúdos - Segurança Alimentar
 
 
Métodos de Desinfecção
 
Métodos Físicos
 
  • calor: o uso de calor sob a forma de vapor ou de água quente é um método de desinfecção muito seguro. Com efeito, o aquecimento a temperaturas suficientemente altas durante um período de tempo adequado é o método mais seguro para a eliminação de microrganismos
    • a sua eficácia depende de:
      • da relação temperatura/tempo de aplicação da temperatura
      • humidade
      • tipo de microrganismo
      • ambiente em que o microrganismo se encontra

    • os microrganismos presentes em incrustações encontram-se protegidos, podendo o calor ser ineficaz
    • vapor de água: aplica-se sob a forma de jacto
      • 77ºC durante 15 minutos
      • 95ºC durante 10 minutos;
      • directo durante 1 minuto
      • destrói microrganismos, desnaturando as proteínas a temperaturas mais baixas e em menos tempo. As proteínas dos microrganismos são mais estáveis em condições de secura, pelo que são necessárias temperaturas mais altas e mais tempo de actuação do calor, como é o caso do ar quente.

    • água quente: a circulação de água quente, a cerca de 90ºC, é muito eficiente em aparelhos de tubos ou placas devendo circular pelo menos 20 minutos depois da temperatura da água de saída ter atingido, pelo menos, 85ºC. A água quente também pode ser utilizada na desinfecção, por mergulho, de peças de equipamentos e utensílios. Temperaturas de 85ºC durante 15 minutos são em geral suficientes.
    • ar quente: de utilização muito restrita na indústria alimentar
    • radiações UV: são utilizadas em situações muito particulares, como, por exemplo, na esterilização de utensílios e de superfícies de trabalho.
      O tempo de actuação depende da intensidade da radiação, não devendo ser inferior a 5 minutos. Utiliza-se lâmpadas que emitem radiações de 2.400 a 2.800 Angstron de comprimento de onda

 
Métodos Químicos
 
A esterilização por métodos químicos consiste na utilização de produtos que possuam acção germicida. O poder germicida de um desinfectante depende de:
  • concentração - deve ser adequada ao fim a que se destina, ao meio ambiente em que se vai empregar, seguindo instruções do fabricante
  • relação temperatura/tempo - a temperatura morna ou fria conforme indicação do fabricante
  • dureza da água - fazer a correcção se necessário
  • tipo e concentração dos microrganismos a destruir
  • presença de matéria orgânica
  • tipo de superfície a tratar

 
   

Ajuda